Estampas de animais na decoração

O “animal print” está em alta na decoração. Estampas de animais os ambientes com muito requinte.

Seguindo inspiração africana, girafas, zebras, cobras e leopardos ajudam a compor ambientes modernos e bem humorados. As estampas de animais, sempre presentes na moda, são uma forte tendência para transformar a casa, não apenas nos móveis e papéis de parede, mas também em acessórios, como canecas, tapetes, almofadas e bandejas. As pessoas estão mais ousadas na hora de mobiliar salas, quartos, cozinhas e até banheiros.

Uma dica importante para transformar a casa: menos é mais. Para não exagerar nas estampas de animais e criar ambientes confusos e até mesmo cansativos visualmente, o ideal é usar tons neutros nos móveis e deixar as padronagens para os detalhes.

Peças clássicas em tonalidades terra, cortinas e toalhas brancas combinam – ou contrastam – perfeitamente com o animal print. As salas se tornam convidativas e aconchegantes, com um toque de sofisticação. Almofadas, gavetas forradas, a copa de um abajur ou um tapete no corredor com estampas de animais criam o efeito surpresa. Um pufe listrado realça a beleza de um conjunto estofado branco ou creme, por exemplo. Está garantido um look fashion e elegante.

Cozinha e banheiro

Os ambientes funcionais da casa também podem receber estampas de animais na decoração, sempre combinando as cores. Um banquinho de apoio em um banheiro com tons entre o branco e o preto ganha um toque de sofisticação quando forrado com o padrão zebra. Vale o mesmo para o suporte do espelho.

A cozinha e a área de serviço podem receber as estampas nas gavetas, por exemplo. Um efeito que dá muito certo é forrar apenas uma gaveta, deixando as demais no tom original. Canecas e pratinhos do café da manhã com estas padronagens podem ajudar a começar o dia com mais alegria.

Aparência mais agressiva

Para pessoas menos minimalistas, uma parede em tons fortes, como azul-turquesa, azul-cobalto, mostarda, vinho ou verde-primavera realça as estampas – mas evite combinar os tons amarelados com padrões tigre e onça, porque isto reduzirá o impacto. Em cômodos pequenos, com pé direito baixo (com menos de 2,80 metros) ou mal iluminados, as cores fortes não são bem vindas, já que provocam o efeito de redução. Experimente utilizar as cores complementares: azul e laranja, amarelo e roxo, verde e vermelho, em várias tonalidades.

Se a sala permitir, experimente pendurar uma cópia de cabeça de animal em uma parede. Estas peças são artificiais, feitas com MDF, pelúcia e acrílico. Quadros, esculturas e peças de artesanato inspiradas no reino animal também ajudam a compor ambientes com muito charme, sempre lembrando que não se deve exagerar e transformar a sala em um quarto de despejo.

O revestimento de uma parede também é uma ótima opção. Existem papéis de parede que simulam texturas. Neste caso, móveis e acessórios devem ser neutros. Evite o animal print na parede atrás da televisão, porque isto causaria confusão visual na hora de assistir a seus programas.

Nas casas e apartamentos pequenos, não use forrações. Aposte nas almofadas e xales de sofá, que podem ser trocados regularmente, de acordo com o astral da família e até com a temperatura: tons de amarelo, laranja e vermelho “aquecem” o ambiente, enquanto os azuis, cinza e verde-escuro tranquilizam a refrescam.

Nos ambientes mais amplos, vale arriscar o uso de duas estampas de animais, preferencialmente em paredes opostas, mas é preciso tomar cuidado para não carregar demais na decoração. Lembre-se sempre de que cada cômodo tem sua utilidade principal e os acessórios não podem “roubar a cena”.

Já para quem quer apostar em um visual ainda mais ousado, é possível combinar as estampas de animais com listras, xadrez, etc. Neste caso, o segredo é usar a mesma cartela de cores, abusando dos tons. Mas isto deve ser usado em apenas um ambiente, preferencialmente ligado a outros cômodos – como a sala de estar integrada a um terraço ou a sala de jantar. Deixe que móveis e acessórios “conversem” entre si: se o estofado é forrado com padrão onça, as cadeiras da mesa de jantar podem ser amarelas ou laranja, por exemplo.

Leave a Comment